João Pessoa, 13 de julho de 2024
  1. Início
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Vereador denuncia agressão da Polícia...
Vereador denuncia agressão da Polícia Militar em jogo do Botafogo da Paraíba
28.04.2022
Redação

O vereador Junio Leandro (PDT) usou seus pronunciamentos, na sessão desta quinta-feira (28), para denunciar ação da Polícia Militar durante o jogo do Botafogo da Paraíba contra o Nacional de Patos, ocorrido na noite da última terça-feira (26), no Estádio Almeidão. Segundo o parlamentar, alguns policiais militares agrediram torcedores do Botafogo sem motivo aparente.

“Gostaria de denunciar a forma com que alguns PMs têm tratado parte da torcida do Botafogo no Almeidão. No intervalo, as torcidas descem até o túnel para continuar cantando, não perder a euforia, para poder voltar ao segundo tempo ajudando o clube da cidade. Estava eu no túnel, no intervalo do jogo, quando chega um grupo de policiais, que começa a espancar todo mundo, obrigando todos a subirem para as arquibancadas. Nem boiada é tratada desse jeito”, relatou o vereador.

De acordo com o parlamentar, o tratamento dado pelos policiais na arquibancada sol, parte popular do estádio e local em que se encontrava, é diferente do realizado em setores mais nobres. “É um absurdo, eu mesmo fui agredido pela PM com cassetete dentro do estádio. O que acontece no estádio, acontece no dia a dia das comunidades. A agressão só parou quando eu me identifiquei como vereador. O que também acho um absurdo, porque o vereador é um servidor público qualquer”, detalhou, continuando o relato e enfatizando que não houve atitude por parte da torcida que justificasse as agressões.

Junio Leandro ainda mostrou imagens dos policiais e também de suas próprias costas machucadas. Porém, ele ressaltou que as agressões não são praticadas pela PM em sua totalidade. “Não são todos. É uma pequena parte”, especificou, salientando que tem muitos amigos na corporação pelos quais ele tem apreço, inclusive o vereador Coronel Sobreira (MDB).

“Quer dizer que não existiu excessos por parte da Polícia Militar? Qual o posicionamento do Ministério Público perante às imagens de agressão, com milhares de testemunhas no local? É só mais um dia em que a população jovem e negra da periferia é discriminada. Deixo aqui minha indignação, pois não foi ninguém que me contou, eu vivenciei”, destacou o vereador, acrescentando que não vai deixar de frequentar os jogos do seu time.

Compartilhe:
© Copyright 2023. Todos os Direitos Reservados.