João Pessoa, 19 de maio de 2024
  1. Início
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Feira de Negócios Viva o...
Feira de Negócios Viva o Centro: órgãos se reúnem para discutir participação em evento
04.04.2024
Rebeca Neto
Olenildo Nascimento

A Feira vai acontecer nos dias 2 e 3 de maio, no Teatro do Sesc, no Centro de João Pessoa

Nesta quinta-feira (4), órgãos se reuniram para discutir participação na Feira de Negócios Viva o Centro. A iniciativa, que envolve Governo da Paraíba, Prefeitura da Capital, Câmara Municipal, Federação do Comércio (Fecomércio), Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e Associação Comercial da Paraíba, facilitará que empresários interessados em investir no Centro de João Pessoa coloquem em prática os seus projetos. O evento vai acontecer nos dias 2 e 3 de maio, no Teatro do Sesc, no Centro de João Pessoa.

Suetoni Souto Maior, diretor de comunicação da Câmara Municipal, destacou: “Não somos um órgão executivo, mas temos a determinação do nosso presidente, Dinho (Avante), de trabalhar para que a gente estimule as discussões com o Governo do Estado e a Prefeitura, para que esses entes, que têm poder executivo, tragam retorno para o cidadão”.

De acordo com ele, desde que a Câmara iniciou o debate, no ano passado, os poderes executivos já apresentaram incentivos fiscais, investimentos em infraestrutura e também relacionados à segurança. A Feira pretende, portanto, levar para a população a informação desses serviços. “Estamos finalizando o modelo dessa Feira de Negócios com a participação de todos esses órgãos em estandes, nos quais o empresário vai poder fazer consultas para ver se tem direito ou não a esses benefícios e também vai poder iniciar processos”, esclareceu Suetoni.

Pedro Santos, secretário de Estado da Cultura, enfatizou: “A gente representa uma política que é transversal. Ela passa pela Secretaria de Cultura, mas também pelas Forças de Segurança Pública, Secretaria da Fazenda do Estado, pelo Iphaep, pelo Programa Empreender. Estamos vivenciando um pool de entidades e instituições públicas com foco na alavancagem do Centro Histórico e, para a gente, é um prazer grande poder oferecer uma série de possibilidades, tanto para os empresários, quanto para as pessoas que queiram morar e investir lá”.

O coronel Pablo Nascimento, Comandante de Policiamento Regional Metropolitano (CPRM), contou que uma das ações já realizadas foi o aumento do aporte de viaturas na localidade: “Tivemos um aporte de viaturas e traçaremos agora as metas de curto, médio e longo prazo para otimizar nossos equipamentos de segurança no Centro da cidade”. De acordo com ele, já foi possível perceber como resultado uma diminuição de furtos e roubos na localidade.

Já o secretário da Receita Municipal, Sebastião Feitosa, esclareceu: “A Secretaria da Receita é o órgão da Prefeitura que concede os incentivos fiscais, as isenções do IPTU, a redução do ISS de 5% para 2% para empresas prestadoras de serviços, a isenção do ITBI na aquisição de imóveis no Centro Histórico e toda orientação e esclarecimento do passo a passo para a pessoa requerer seu benefício”. Ele ainda adiantou que as secretarias de Receita do Estado e do Município e a Secretaria da Cultura pretendem estar no mesmo estande no dia da Feira. “Vamos compartilhar um estande em o que interessado poderá comparecer e receber todas as informações de como obter esses incentivos que dizem respeito à Prefeitura, Estado e cultura”, informou.

Sobre o papel e contribuições da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e do Trabalho, o secretário executivo João Bosco Ferraz de Oliveira, disse: “A Secretaria de Desenvolvimento Econômico tem um papel muito importante na interlocução com o setor produtivo, mas também participamos com projetos que provoquem a viabilidade econômica dessa região. A gente acredita nessa potencialidade. Além de ofertar crédito para o empresariado, temos o setor da economia criativa, através do qual podemos trazer novos empreendimentos”.

Compartilhe:
© Copyright 2023. Todos os Direitos Reservados.