João Pessoa, 21 de julho de 2024
  1. Início
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Vereadora comemora criação de Comissão...
Vereadora comemora criação de Comissão Especial da Mulher na CMJP
23.08.2022
Redação

A vereadora Rebeca Sodré (União Brasil) usou seu pronunciamento na sessão desta quinta-feira (23) para comemorar a criação da Comissão Especial em Defesa da Mulher na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP). A parlamentar, instituída como presidente da comissão, destacou números de casos de violência contra a mulher e feminicídios no Brasil.

“Fico feliz em meus pares desta Casa, em especial nosso presidente Dinho, terem acolhido a criação dessa comissão especial em defesa dos direitos das mulheres. É um marco para a CMJP, para João Pessoa e para a história. Essa comissão será de extrema importância, fico feliz em presidi-la. Não vamos nos cansar de defender as mulheres que sofrem qualquer tipo de violência”, declarou Rebeca Sodré.

De acordo com a parlamentar, a comissão terá o dever de realizar ações de conscientização e educação sobre o combate à violência contra a mulher; promover audiências públicas e momentos para debater o direito das mulheres; e de fiscalizar se as políticas públicas direcionadas ao segmento estão sendo efetivadas. “Convoco a sociedade para debater conosco e discutir, todos os dias e sempre que for necessário, todas as formas de violência contra a mulher”, convidou.

A vereadora ainda destacou que atualmente o Brasil ocupa o 5º lugar do ranking mundial de feminicídio; que, apenas no primeiro semestre deste ano na Paraíba, nove mil medidas protetivas foram concedidas em favor de mulheres vítimas de violência; que das 170 mil denúncias de violência contra a mulher realizadas no Brasil, 31 mil foram de violência doméstica.

“São mulheres que estão sendo violentadas no dia a dia, que estão tendo seus direitos violados, inclusive o principal direito: o direito à vida. A gente não pode silenciar diante de tanta violência contra a mulher. São dados alarmantes que demonstram o quanto a mulher precisa ter os direitos tutelados e precisam de proteção”, declarou.

Compartilhe:
© Copyright 2023. Todos os Direitos Reservados.