João Pessoa, 14 de abril de 2024
  1. Início
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Vereador se solidariza com jornalista...
Vereador se solidariza com jornalista que sofreu tentativa de assalto
02.04.2024
Damião Rodrigues
Olenildo Nascimento

Coronel Kelson (PRD) afirmou que insegurança jurídica dificulta efetiva punição dos criminosos

Da tribuna da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), na sessão ordinária desta terça-feira (2), o vereador Coronel Kelson (PRD) prestou solidariedade ao jornalista e apresentador do Sistema Correio de Comunicação, João Fernandez, pela tentativa de assalto sofrida e debelada, nesta manhã. O parlamentar alegou que o país passa por uma insegurança jurídica que dificulta a efetiva punição dos criminosos. 

“Venho apresentar integral solidariedade ao jornalista João Fernandez, que fatidicamente foi vítima de uma tentativa de roubo na Avenida Ruy Carneiro, ao sair de casa para ir para o trabalho. No meu tempo de vida, e olha que já são 61 anos de muitas lições, posso constatar que João Pessoa é a cara do país, que vive em uma insegurança jurídica terrível, na qual as forças policiais devem ser as últimas responsáveis por esse quadro de falta de segurança da população”, asseverou.

Para o vereador, o jornalista João Fernandez não é o único a passar por tal aflição, pois milhares de pais de família que saem para trabalhar se sentem inseguros, mesmo em trajetos que seguem cotidianamente. “Felizmente João Fernandez não foi atingido. Sobre essa situação, faço umas conjecturas. Se João Fernandez consegue atropelar o meliante, que mesmo ferido atiraria, depois apareceria alguém defendendo o meliante por ele ter atirado, alegando legítima defesa de sua vida porque foi atingido pelo carro”, arguiu.  

Coronel Kelson fez um apelo aos gestores da área de segurança e de defesa do Estado, para trabalharem para desvendar o atentado criminoso, que poderia ter atingido uma pessoa. “Isso aconteceu em uma das avenidas mais movimentadas e iluminadas da nossa cidade. Se quiserem discutir segurança pública, venham debater aqui nesta Casa. De rua conheço um pouco, pois tenho larga experiência na Secretaria de Segurança e Defesa Civil de João Pessoa, onde voltei às ruas para saber o que acontece nas comunidades. Vivemos intensamente as diversas situações dessas ruas”, afirmou.

Segundo o Coronel, a polícia pouco pode fazer, mesmo fazendo muito além de suas possibilidades, devido à insegurança política de um sistema nefasto que domina a sociedade. “Esse sistema bloqueia as ações das forças policiais, que se vêem algemadas. As polícias ficam de mãos atadas por esse sistema que delimita as ações policiais. Fica meu registro e apelo por uma ação efetiva para contornar essa situação”, ensejou.

Em aparte, o vereador Bruno Farias (Cidadania) afirmou que o Coronel Kelson é um dos paraibanos, se não brasileiros, mais legitimado para falar de segurança pública. “O senhor tem uma vida inteira de combate à violência e manutenção da paz. Sempre esteve no fronte das batalhas contra a criminalidade. Aqui, recebemos uma aula sobre o tema. Também me solidarizo com o jornalista João Fernandez, vítima de tentativa de assalto e que teve o carro atingido por tiros. De fato, nos sentimos consternados e indignados com o que ocorreu em uma das vias mais movimentadas, iluminadas, sinalizadas e com câmeras por todos os lados. Uma área onde a gente deveria estar seguro, aí ficamos sem chão ao testemunharmos tal situação”, refletiu Bruno Farias.

Compartilhe:
© Copyright 2023. Todos os Direitos Reservados.