João Pessoa, 13 de julho de 2024
  1. Início
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Vereador denuncia possível despejo de...
Vereador denuncia possível despejo de esgoto no Rio Jaguaribe
16.05.2024
Clarisse Oliveira
Olenildo Nascimento

Coronel Sobreira (Novo) trouxe o assunto, que também foi repercutido pelo vereador Carlão (PL)

O vereador Coronel Sobreira (Novo) denunciou, durante a sessão ordinária da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) desta quinta-feira (16), possível ponto de despejo irregular de esgoto no Rio Jaguaribe. O parlamentar veiculou vídeos e fotos do que seria o despejo irregular de dejetos no rio, e suscitou os órgãos responsáveis para solucionar o problema. Em seguida, o vereador Carlão (PL) usou a tribuna para repercutir a denúncia apresentada e questionou o papel da Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) na poluição da cidade.

“Há lançamento de esgoto no Rio Jaguaribe, no final da ladeira da Avenida Beira Rio. Isso não é brincadeira. Ali tem um prédio da Cagepa, ela não está enxergando isso? Será que a Cagepa está fazendo isso? Será que é corporativismo? Os órgãos do estado, como a Sudema, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e o Ministério Público não conseguem enxergar? Foi preciso um morador das imediações fazer um vídeo e mandar pra gente. Tem muita omissão em torno de tudo isso. É muito grave, a gente precisa corrigir. João Pessoa não merece passar por isso”, alertou o Coronel Sobreira.

Durante pronunciamento, o vereador Carlão demonstrou indignação com a situação. “O Coronel Sobreira trouxe provas estarrecedoras. Ninguém pode se acostumar, tolerar ou ver aquilo e achar que nada aconteceu. Bem ao lado de uma estação de água da Cagepa, um esgoto à céu aberto lançado no Rio Jaguaribe. A Cagepa tem parte nisso e não é de hoje”, enfatizou, exigindo uma explicação.

Carlão (PL) afirmou ainda que a Cagepa está sendo conivente com os crimes ambientais da cidade. “A Cagepa está sendo apontada como uma das maiores poluidoras dos rios da cidade de João Pessoa. Quem deveria limpar, e ganha muito dinheiro com isso, está prejudicando”, declarou. O vereador acrescentou que o poder público, em todas as suas esferas, é responsável por essa situação e “foi incompetente na defesa de nossos rios e da qualidade de nossas praias”, concluiu.

Compartilhe:
© Copyright 2023. Todos os Direitos Reservados.