João Pessoa, 13 de junho de 2024
  1. Início
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Sessão na Câmara marca 138...
Sessão na Câmara marca 138 anos da Primeira Igreja Presbiteriana de JP
14.12.2022
Redação

A ocasião reuniu pastores, presbíteros e membros de várias igrejas da Capital

A Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) realizou, nesta quarta-feira (14), uma sessão solene em comemoração aos 138 anos da Primeira Igreja Presbiteriana de João Pessoa. O evento, proposto pelo vereador Durval Ferreira (PL), reuniu pastores, presbíteros e membros de várias igrejas da Capital.

“Para mim, é motivo de muita alegria estarmos juntos para louvar e engrandecer os 138 anos da Primeira Igreja Presbiteriana de João Pessoa. Olhar para a história da igreja é reconhecer os bons frutos da palavra de Deus. Saúdo a cada presbítero, membro da igreja e todos que já foram tocados por ela. Que Deus continue nos abençoando cada vez mais para que a gente possa fazer o que Deus ordenou, sempre ajudando o próximo e pregando a palavra de Deus”, justificou Durval Ferreira.

O vereador Coronel Sobreira (MDB) destacou que tem a Primeira Igreja Presbiteriana em sua trajetória de vida e na de seus familiares. “Quantas pessoas já foram alcançadas através da Primeira Igreja Presbiteriana?”, refletiu o parlamentar. Ele ainda parabenizou Durval Ferreira pela iniciativa de comemoração e todos que fazem parte da Primeira Igreja Presbiteriana. “Parabenizo o pastor Fernando Roberto, os presbíteros e toda comunidade presbiteriana de João Pessoa. Vamos continuar honrando e glorificando o nome do Senhor”, declarou Coronel Sobreira.

O pastor Fernando Roberto Marques de Brito, que preside a Igreja, refletiu sobre a sobrevivência dela ao longo de tantos anos, em que diversas mudanças têm ocorrido na sociedade e no país: “É uma igreja que permanece, e se esforça para isso, fiel aos princípios cristãos. (…) Até hoje, procura ser bíblica, prezando por dois pilares, a pregação fiel da palavra e a glória de Deus. (…) A Igreja Presbiteriana tem procurado, nesses 138 anos, ser fiel na pregação do evangelho, crendo que o trabalho da igreja não é em vão, porque Ele voltará”.

A irmã Socorro Aranha explanou um breve histórico sobre a fundação, relatando a criação em dezembro de 1884, com apenas 13 membros, liderados, à época, pelo Tenente Minervino Ribeiro Pessoa Lins, o primeiro presbítero da Igreja. Segundo contou, em um período de extrema intolerância religiosa, após ser afligido por uma doença e receber a visita de um vendedor de bíblias, a vida do Tenente começou a mudar. Ouvindo a pregação do missionário John Rockwell Smith, em 1877, Minervino passou a realizar cultos na casa de uma senhora e pequenas reuniões para estudar a bíblia. Em 1883 os cultos passaram a acontecer na casa do Tenente, na esquina da Rua da República com a Maciel Pinheiro. “Foi nessa casa que foi organizada nossa igreja, em 1884. Quase dez anos depois, alugou-se uma casa na antiga Rua do Fogo, que é, hoje, a Rua Guedes Pereira”. Atualmente, a Igreja se localiza na Rua Dep. Odon Bezerra.

O Pastor José Alves parabenizou Durval Ferreira pela iniciativa de comemoração em meio a tempos difíceis na pregação do evangelho no Brasil e no mundo. Para o Pastor Luciano Paiva, presidente da Associação de Pastores Evangélicos da Paraíba (APEP), a data deve ser comemorada, pois: “A igreja caminhar pela vontade de Deus”.

Clarisse Oliveira e Rebeca Neto

Compartilhe:
© Copyright 2023. Todos os Direitos Reservados.