João Pessoa, 13 de julho de 2024
  1. Início
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Saúde Mental: vereadora reivindica implantação...
Saúde Mental: vereadora reivindica implantação de Hospital da Mente
18.05.2023
Rafaela Cristofoli
Olenildo Nascimento

Raíssa Lacerda (Avante) alertou para o crescente número de casos de transtornos de ansiedade e depressão pós-pandemia

Durante a sessão ordinária da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) desta quinta-feira (18), a vereadora Raíssa Lacerda (Avante) defendeu a necessidade de implantação de um Hospital da Mente na Capital. A parlamentar também lembrou sua luta pela implantação de Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e do Hospital da Mulher em mandatos anteriores.

“Tenho conversado com psiquiatras alarmados com o crescente número de casos de ansiedade, depressão e dependência química após a pandemia. Houve um aumento de 30% das pessoas diagnosticadas com ansiedade e depressão, e de 40% de dependentes de álcool e outras drogas”, revelou a vereadora.

Raíssa Lacerda alertou para a necessidade de criação de um Hospital da Mente para tratar pacientes com transtornos mentais de forma digna. “Os Centros de Atenção Psicossocial e o Pronto Atendimento em Saúde Mental têm feito um trabalho muito importante, prestando um serviço de excelência. Mas, a cidade ainda é carente de serviços quando se trata de saúde mental. Nem sempre 24 horas de internação são suficientes para tirar uma pessoa da crise”, argumentou.

A vereadora citou alguns transtornos e doenças psiquiátricas, como Transtorno de Ansiedade Generalizada (TAG), Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC), Bipolaridade, Transtorno de Personalidade Borderline, Síndrome do Pânico – para afirmar que muitas famílias precisam conviver com alguém mentalmente adoecido. “Digo, sem medo de errar, que em toda família há pelo menos um caso de depressão ou ansiedade, doenças que cresceram após a pandemia. Precisamos de um espaço que acolha e trate bem esses pacientes. Com muita humildade, abraçarei essa causa. Serei a voz aqui na Câmara na luta pelo Hospital da Mente”, garantiu.

O líder da situação na Casa, vereador Bruno Farias (Cidadania), parabenizou a colega pela iniciativa. “Essa luta em favor da saúde mental é muito justa. A cidade cresceu. De fato, os equipamentos de saúde mental não conseguem atender a demanda, sobretudo porque houve um aumento de casos de pessoas que precisam de um atendimento técnico qualificado para curar traumas que foram aflorados pós-pandemia. Os casos são muitos e a Gestão precisa ampliar essa rede, conforme deseja”, observou.

Hospital da Mulher

Raissa também comemorou o avanço nas obras do Hospital da Mulher, reivindicação antiga do seu mandato. “A parceria entre Prefeitura e Governo do Estado tem trazido muitos resultados positivos, inclusive a implantação do Hospital da Mulher, uma luta do nosso mandato desde 2009 que, em breve, vai se tornar realidade. Sou mulher e sei da delicadeza da nossa saúde”, comentou, lembrando que a implantação da primeira UPA da cidade também é fruto de uma solicitação de sua autoria. “Assim como tivemos sucesso em relação à implantação da primeira UPA e do Hospital da Mulher, teremos com o Hospital da Mente”, projetou a vereadora.

Compartilhe:
© Copyright 2023. Todos os Direitos Reservados.