João Pessoa, 13 de julho de 2024
  1. Início
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Parlamentar condena aborto e defende...
Parlamentar condena aborto e defende mais discussões sobre “Setembro Amarelo”
27.09.2023
Rebeca Neto
Olenildo Nascimento

“A gente precisa lutar pela vida”, disse o vereador Carlão (PL)

Em pronunciamento na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), nesta quarta-feira (27), o vereador Carlão (PL) enfatizou a importância da luta pela vida. O parlamentar se posicionou contrário ao aborto e pediu mais discussões sobre o “Setembro Amarelo”, mês de prevenção ao suicídio.

Sobre o aborto, Carlão argumentou: “Não é só seguir o mandamento de Cristo. É isso principalmente, mas é também porque o nosso ordenamento jurídico, o Código Civil Brasileiro, confere direito à vida desde a concepção. Não é um amontoado de células: é vida”.

Criticando a Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) 442, que visa a liberação do aborto no Brasil, Carlão pontuou: “Eu não consigo entender pessoas instruídas, formadas no direito, com suas togas, dizendo defender liberdades, não defenderem a inocência de crianças. Eu não consigo compreender onde está a defesa da democracia do Supremo Tribunal Federal (STF) que diz ser defensor da liberdade. A gente precisa passar para a juventude que é necessário lutar pela vida e que não é moderno o assassinato no ventre da mãe”.

Em seguida, Carlão comentou acerca do “Setembro Amarelo”: “O debate do ‘Setembro Amarelo’ vem na possibilidade de quebrarmos o tabu de falar sobre isso. A gente tem que mostrar para essas pessoas que elas podem sair dessa situação de tristeza e de dor. O que deixo como mensagem é que a gente precisa lutar pela vida. Do aborto ao suicídio, a gente precisa afastar essa cultura de morte”.

O vereador Coronel Sobreira (MDB) comentou sobre a ADPF 442: “Toda e qualquer lei que é criada ou que apresentamos como projeto para ser sancionado tem que atender o anseio popular, por isso que o parlamentar precisa estar em sintonia com o que as pessoas pensam. Então, vem o STF que quer legislar. Isso é o que temos que rebater, como em tantos outros temas. Esse é um tema atual que a sociedade precisa estudar e se indagar: por que o STF quer legislar sem ouvir o nosso anseio? Porque de 70% a 80% da sociedade brasileira é cristã e não quer o aborto”.

Compartilhe:
© Copyright 2023. Todos os Direitos Reservados.