João Pessoa, 19 de maio de 2024
  1. Início
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Padres e entidade católica recebem...
Padres e entidade católica recebem honrarias na CMJP
17.03.2023
Damião Rodrigues
Olenildo Nascimento

A solenidade e as honrarias foram propostas pelo vereador Carlão (PL), que presidiu e secretariou os trabalhos.

Na manhã desta sexta-feira (17), a Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) homenageou os padres Marinalvo Sandro de Lima Santos, conhecido como Padre Sandro Santos e Rafael André Pereira de Lemos com a Medalha Cidade de João Pessoa. Na ocasião, também foi outorgada a Comenda João Paulo II à Comunidade Missionária da Consolação Misericordiosa. A solenidade e as honrarias foram propostas pelo vereador Carlão (PL), que presidiu e secretariou os trabalhos.

O propositor da solenidade desejou voto de saúde ao padre Sandro Santos, que não compareceu à solenidade por estar doente e foi representado pelo coordenador da Comunidade Júlio Serpa que simbolicamente recebeu a honraria, em seu lugar. Ele destacou que os padres realizam ações evangelizadoras na Capital paraibana, contribuindo assim para salvação de almas aflitas.

“A Comunidade da Consolação me ensinou o improviso. Por isso, vou colocar o que está dentro do coração nas palavras proferidas hoje. Vamos entregar a maior comenda da cidade a um sacerdote que se transformou e se fez sacerdote. Padre Rafael, foi na Consolação Misericordiosa que tocou seu coração e não existe outra justificativa: o senhor é um homem que encontrou na Comunidade a defesa do sacerdócio e do Evangelho. Um homem que se entrega a Deus na missão para salvar almas”, justificou Carlão.  “Como consagrado, não poderia deixar de ser grato à Comunidade, pois tudo que conquistei foi pelo fato de ser consagrado. Tudo na minha vida foi por causa da consagração. Consagrados que servem a Deus e à Igreja. Que nós sejamos santos”, finalizou

O padre Rafael agradeceu ao vereador pela honraria e aos familiares e amigos pela participação na sua formação como pessoa e como evangelizador. “Não há outro sentimento no coração que não seja gratidão. Primeiro a Deus, a ele minha gratidão maior porque me deu a graça de ouvir sua voz e hoje estou aqui com o peso da responsabilidade por esta honraria. Olhando lá pra atrás, em 1995 quando saí de Cacimba de Dentro e cheguei aqui sabia que estava destinado para servir a Deus e anunciar o Evangelho aos mais necessitados. Resumo essa honraria em duas palavras: gratidão e amor porque creio na grandeza que Deus pode trazer em nossa vida. Gratidão a todos que fazem parte da minha vida”, declarou.

Irmã Céu, que recebeu a honraria em nome da Comunidade, agradeceu ao vereador e todos na Casa afirmando que participava de um dia especial. “O Papa João Paulo II foi exemplo de santidade e sabemos que se precisa ralar para chegar à santidade ou para viver na sua busca. Cada irmão consagrado é envolvido na graça do carisma para consolar, assim como já se foi consolado. A Comunidade luta para consolar os aflitos, cansados e doentes espiritualmente e para alimentar os que mais precisam tanto do alimento espiritual como do corpo. Ensinamos e formamos novos jovens e pessoas para a sociedade. Gratidão a Deus por esta Medalha que traz um nome tão importante”, agradeceu.

Júlio Serpa, que é um dos conselheiros da Comunidade também falou. “Com alegria estamos aqui neste momento. O padre Sandro pediu para repassar que ela está muito contente e agradecido pela honraria e pelo reconhecimento do trabalho da Comunidade. Falar da Comunidade e fácil, seus louvores, amores e também suas dores. Somos uma grande família e muito me alegra a comunidade receber esta comenda em reconhecimento de seu trabalho. Parabenizo ao Parlamento pelo honroso reconhecimento aos padres e à Comunidade”, proferiu.

O Vigário Geral da Diocese da Paraíba, Padre Luiz de Souza e Silva Júnior, representou o Arcebispo da Paraíba Dom Manoel Delson e ressaltou que cada honraria prestada a um membro da Diocese trazia mais responsabilidade e mais fortalecimento no trabalho missionário. “É uma honra muito grande representar Dom Delson e posso garantir que com cada homenagem outorgada a um membro de nossa Igreja, ela também recebe esta homenagem”, afirmou.

Homenageados

Celibatário há 26 anos, padre Marinalvo Sandro de Lima Santos é psicólogo, filósofo, teólogo e fundador/moderador da Comunidade Consolação Misericordiosa. Ele também é autor e escritor de vários livros oracionais, evangeliza através de pregações, palestras e artes sacras registrados em DVDs e CDs, como também, evangeliza através dos meios de comunicação: programas de televisão diário, há mais de 15 anos, coordena a rádio Consolação nas redes sociais.

Já padre Rafael André Pereira de Lemos, 46 anos, é psicólogo natural de Cacimba de Dentro e entrou na vida religiosa no ano de 1994 na Comunidade Consolação Misericordiosa e ordenou-se padre em 17 de dezembro de 2005 – atuando nos meios de comunicação pela TV Canção Nova, TV Século 21, Revista Brasil Cristã. Ele realiza encontros religiosos da cidade, como retiros de carnaval da Consolação Misericordiosa e contribui também com suas ações evangelizadoras e com as obras de caridade, como a ASPAN (Associação Promocional do Ancião) e Associação São José.

A Comunidade Missionária Consolação Misericordiosa é um movimento conhecido como novas comunidades. São missionários (leigos e religiosos) com o propósito de levar o carisma do Consolo e da Misericórdia a todos os povos. Como todo carisma, dom do Espírito Santo a serviço da Igreja, cresce, desenvolve-se e frutifica a luz da Palavra de Deus (Sagrada Escritura e Magistério). Há pouco mais de 25 anos ela tem desempenhado missões de forma missionária de várias formas: pastorais, artísticas e culturais. Por meio de evangelização, pregações, palestras, músicas, peças teatrais. Também contribui para o desenvolvimento familiar e religioso.

Compartilhe:
© Copyright 2023. Todos os Direitos Reservados.