João Pessoa, 13 de julho de 2024
  1. Início
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. CMJP e OAB/PB discutem criação...
CMJP e OAB/PB discutem criação de comitê antidrogas
20.04.2023
Cybele Morais
Juliana Santos

O vice presidente da Casa, Carlão (PL) e o presidente da OAB / PB, Harrison Targino, se reuniram para tratar do assunto

O vice presidente da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), vereador Carlão (PL) e o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), seccional Paraíba, Harrison Targino, se reuniram na tarde desta quinta-feira (20) para tratar da criação de um comitê antidrogas. O encontro aconteceu na sede da OAB/PB e contou ainda com a participação da presidente do Conselho Municipal Antidrogas (Comad), Inise Machado. 

O vice presidente da Casa Napoleão Laureano,  vereador Carlão, afirmou que a CMJP vem fazendo esse debate importante para a cidade, a política de combate e prevenção às drogas, que são uma realidade. “A cidade vê o avanço das drogas. Antes, era tudo muito reservado ao Centro Histórico, mas hoje vemos micro cracolândias se espalhando por toda a cidade e nós precisamos criar um freio. E a OAB / PB tem uma grande missão nesse trabalho.  Eu, como advogado de formação , sei a importância de levar os advogados para dentro dos conselhos municipais de políticas sobre drogas. Será um avanço e um crescimento se nós todos juntos, Câmara, Tribunal de Justiça, Ministério Público, Assembleia Legislativa pudermos sugerir soluções para a nossa cidade”, disse.  

Para o presidente da OAB/PB, Harisson Targino, a reunião teve o objetivo de tratar sobre a criação de uma grande rede de prevenção às drogas na cidade de João Pessoa e na Paraíba. “Nesse sentido, estamos disponibilizando a OAB para participar desse esforço comum e pelo pleito do vereador Carlão estamos instalando a comissão da OAB que irá tratar sobre drogas, para somar a esse esforço e contribuir nessa luta comum de erradicação das drogas mais nocivas e buscar o tratamento adequado das pessoas que terminam no mundo nesse mundo das drogas” pontuou.    

Inise Machado, presidente do Conselho Municipal Antidrogas (Comad) acrescentou que atualmente existem 20 instituições de peso que fazem parte do Comad. “Estamos nessa luta com essas instituições parceiras buscando minimizar o avanço das drogas aqui na cidade, propondo uma força tarefa para que possamos inibir esse avanço dos entorpecentes na cidade”, completou.

Compartilhe:
© Copyright 2023. Todos os Direitos Reservados.